CBN Goiânia
APREENSÃO | 22 de Maio de 2019
Rotam apreende drogas na Casa do Estudante da UFG
Foto: Rotam
fsf

Mais de 100 comprimidos de ecstasy, maconha e dinheiro foram apreendidos ontem, em um apartamento e na Casa do Estudante da Universidade Federal de Goiás (UFG), no Setor Itatiaia, em Goiânia. Seis pessoas foram presas e levadas a Central de Flagrantes. Três são alunos da UFG, dos cursos de Engenharia, Ciências Sociais e Pedagogia.

A Universidade emitiu uma nota sobre o ocorrrido, confira na íntegra:

"1.    A Universidade acompanha atentamente os fatos ocorridos sempre exigindo a atenção ao devido processo legal, à ampla defesa, à presunção da inocência e às garantias individuais. A Administração Superior esteve presente desde o acesso da Rotam à CEU I até o encaminhamento dos envolvidos à Central de Flagrantes. Cabe ressaltar que em todos esses momentos os agentes envolvidos prestaram todas as informações solicitadas, zelando pelo profissionalismo e cuidado. 

2.    A UFG ressalta a importância do trabalho desenvolvido pelos órgãos de segurança (Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal) em ações de prevenção, repressão e investigação de eventuais ilícitos penais (aos crimes de furtos, assaltos, tráfico de drogas) cometidos dentro e fora da UFG, preservando-se a autonomia universitária. Nesse sentido, desde outubro de 2017 já foram realizadas 60 (sessenta) abordagens em conjunto com a PM nos câmpus da Regionais Goiânia. A UFG vem solicitando abertura de investigações junto à Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (DENARC), à Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA) e à Superintendência Regional da Polícia Federal (DPF) sobre diferentes denúncias feitas pela comunidade de possíveis ilícitos ocorridos no âmbito da UFG. 

3.    A Administração Superior da UFG colabora com as investigações da Polícia Civil, atende os pedidos dos representantes das partes envolvidas, bem como tomará as devidas providências previstas em seu Estatuto e Regimento Geral, dentre as quais a solicitação de abertura de Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar possíveis responsabilidades. 

4.    A UFG entende que a violência não é fato isolado ou pontual, ao contrário, permeia estruturalmente toda a sociedade e, por isso, as medidas preventivas e de enfrentamento à criminalidade devem ser pensadas e adotadas a partir de políticas públicas efetivas e consistentes, sempre envolvendo a comunidade, o poder público e as diversas instituições do país. 

5.    A UFG vem adotando medidas de prevenção e enfrentamento ao tráfico de drogas e outros delitos, tendo criado, em 2018, a Secretaria de Promoção da Segurança e dos Direitos Humanos e, ainda, o Conselho de Promoção da Segurança e dos Direitos Humanos, com o objetivo de implementar uma política institucional voltada à segurança, à construção da cidadania e ao bem-estar da comunidade universitária. 

6.    A UFG reitera o seu compromisso com os valores democráticos, com a diversidade cultural e com a cultura da paz, ressaltando a importância da convivência social pacífica e de proteção e defesa dos direitos humanos.

 Secretaria de Promoção da Segurança e dos Direitos Humanos da UFG"

 

 

Leia também

Publicidade
  • BRASILEIRÃO
    XCV
    VCBVCBVC
    DIA 13/07 - ESTÁDIO ANTÔNIO ACCIOLY - A DEFINIR
  • BRASILEIRÃO
    gjv
    vcbvc
    DIA 14/07 - MARACANÃ - A DEFINIR
Enquete

80 ônibus do transporte coletivo passaram a oferecer acesso gratuito à internet wi-fi. Você aprova?

  • Sim. É uma ótima medida
  • Aprovo, mas é preciso melhorar a segurança nos ônibus para que os passageiros usem a rede
  • Não aprovo. Os ônibus precisam de outras melhorias