CBN Goiânia
JUSTIÇA | 24 de Abril de 2024
Caso Valério Luiz: TJ mantém condenações dos acusados de matar o radialista em Goiânia
Imagem

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) manteve as condenações dos envolvidos na morte do jornalista Valério Luiz de Oliveira, que aconteceu em julho de 2012. Eles foram condenados pelo Tribunal do Júri, em Goiânia, no dia 9 de novembro de 2022.  

No julgamento, que aconteceu nesta terça-feira, depois da decisão da ministra Daniela Teixeira, do Superior Tribunal de Justiça, em anular o habeas corpus concedido a Maurício Sampaio, os recursos apresentados pela defesa dos réus foram rejeitados por unanimidade.   

Com isso, foram mantidas as condenações impostas pelo júri popular. Maurício Borges Sampaio vai cumprir 16 anos de prisão como mandante do crime; Ademá Figuerêdo Aguiar Filho também foi condenado a 16 anos de prisão por participar do planejamento e execução do crime; Marcus Vinícius Pereira Xavier e Urbano de Carvalho Malta foram condenados por participar do planejamento e execução do crime e, por isso, tiveram pena de 14 anos de prisão. Djalma Gomes da Silva foi absolvido no julgamento de novembro de 2022.  

O crime contra a vítima foi motivado por conta das críticas que Valério Luiz fazia à diretoria do Atlético Clube Goianiense, no exercício da profissão de jornalista e radialista esportivo, teriam desagradado Maurício Sampaio, que era dirigente do clube de futebol.  

Conforme a denúncia, no dia do crime, Ademá Figuerêdo foi até o açougue de Marcus Xavier, pegou a moto, o capacete, a camiseta, o telefone e a arma e se dirigiu até as imediações da emissora de rádio.   

No local, ele entrou em contato com Urbano Malta, que estava na espreita, aguardando o momento em que Valério Luiz de sairia. A vítima foi morta quando já estava dentro do veículo, ao final de uma jornada de trabalho.  

O advogado de Maurício Sampaio, Ricardo Naves, disse que espera que o Tribunal de Justiça acolha o recurso de apelação. A defesa dos outros condenados não foi localizada para pedir um posicionamento.

 

Por Laylla Alves

Leia também

Publicidade
  • Brasileirão
    Cuiabá
    Atlético
    Dia 22/06 - Arena Pantanal - 18h30
  • Brasileirão
    Vila Nova
    Goiás
    Dia 23/06 - OBA - 18h30
  • Brasileirão
    Atlético
    Grêmio
    Dia 26/06 - Accioly - 20h