Tarde CBN
INVESTIGAÇÃO | 4 de Março de 2020
Empresas são notificadas por manter trabalhador afastado pelo INSS, mesmo após alta médica

Mais de 500 empresas, em Goiás, foram notificadas no ano passado por manter trabalhadores no chamado "limbo previdenciário", que é quando o trabalhador recebe alta médica do INSS, mas não é aceito no retorno ao trabalho pelo empregador. Neste ano, até o último mês de fevereiro, a Superintendência Regional do Trabalho no estado já realizou 117 notificações. No Tarde CBN desta quarta-feira (04), a Superintendente do Trabalho em Goiás, Sebastiana Batista, falou sobre o assunto.

 

Leia também

Publicidade
  • COPA DO BRASIL
    AGAS
    CVBVC
    SUSPENSO
  • COPA DO BRASIL
    CVBVC
    CVB
    SUSPENSO
Enquete

Você apoia a reabertura do comércio mesmo antes do fim da quarentena?

  • Sim
  • Não