Papo Político
PAPO POLÍTICO | 13 de Setembro de 2019
Novo cálculo da folha vai forçar demissões na Alego

Depois de o Supremo Tribunal Federal decidir, liminarmente, suspender os efeitos das emendas à Constituição Estadual de número 54 e 55, que instituíram o teto de gastos e alteraram a contabilidade de despesas com folha de pessoal em Goiás, o presidente da Assembleia Legislativa Lissauer Vieira (PSB) afirmou que vai tentar reverter a medida. Segundo ele, a inclusão de gastos com pensionistas e Imposto de Renda retido na fonte vai provocar um número grande de demissões e pode prejudicar serviços essenciais. A estimativa preliminar é de que 1.800 comissionados da Alego podem ser demitidos.

 

Confira a análise de Fabiana Pulcineli.

Leia também

Publicidade
  • GOIANÃO 2020
    DASDAS
    JGJF
    DIA 29/01 - JONAS DUARTE - 20h30
  • GOIANÃO 2020
    ASDAS
    JFDJD
    DIA 29/01 - OLÍMPICO - 20h30
  • GOIANÃO 2020
    SDGHD
    ASFA
    DIA 30/01 - OBA - 20h30
Enquete

Governo do Estado sugere substituição da Enel por outra empresa de energia. Você concorda?

  • Sim
  • Não