Direito e Cidadania
DIREITO E CIDADANIA | 10 de Dezembro de 2019
Erro médico gravíssimo deve ser reparado com uma indenização para cada familiar
gnmgfm

Uma médica foi condenada por homicídio culposo após diagnosticar um paciente que apresentava dores no peito e no abdômen como má digestão. O homem de 32 anos morreu de problemas cardíacos em casa, três horas depois de receber alta. O caso aconteceu em março de 2017. No Direito e Cidadania de hoje, vamos falar sobre quais são os direitos do paciente  e da família em casos de erros em diagnósticos médicos como este.

 

Para falar do assunto, Luiz Geraldo e Mariani Ribeiro conversaram com a Presidente da Comissão de Direito Médico, Caroline Regina. Ouça!

Leia também

Publicidade
  • GOIANÃO
    CBVC
    SADASD
    DIA 21/02 - JONAS DUARTE - 20h30
  • GOIANÃO
    FFDH
    SDG
    DIA 22/02 - 16h30 - OLÍMPICO
  • GOIANÃO
    AFAS
    VCNVC
    DIA 23/02 - 16h - JONAS DUARTE
  • SUL-AMERICANA
    ASF
    JRT
    DIA 25/02 - 21h30 - OLÍMPICO
  • COPA DO BRASIL
    gfdghfd
    bvcnvc
    DIA 27/02 - MOISÉS LUCARELLI - 21h30
Enquete

Você apoia que a quarentena dos Brasileiros vindos da China seja em Anápolis?

  • Sim
  • Não